Sábado, 9 de Agosto de 2008

Super nº224 Julh/08 FR

(Referem-se a Lisboa! xD )

Tradução

Tokio Hotel
 
“Chorei muito nestas últimas semanas” Bill
 
Sentíamos bem que desde algum tempo o grupo estava menos disponível para os seus fãs franceses. Se alguns pensam que eles os snobent, eles enganam-se. É simplesmente porque os quatro alemães percorrem doravante o mundo inteiro! Eles são ultrapassados pelo seu sucesso? Com certeza que não! É o que eles nos confessam aquando duma entrevista efectuada quando eles iam dar o primeiro concerto em Los Angeles e antes que Bill mude de corte de cabelo!
 
Olá, como é que acham os Estados Unidos?
Bill: “Nova Iorque tem um lado muito europeu, portanto não nos sentíamos muito perdidos em contrapartida Los Angeles é muito americano, é outro estilo, menos bonito.”
 
Nós estamos em Hollywood, é o vosso primeiro concerto nos USA, têm receio?
Bill: “Com certeza, eu estou super excitado, e ao mesmo tempo super nervoso. É o nosso único concerto nos USA e nós temos uma grande pressão. É como cada vez que nós façamos um primeiro concerto num país que não conhecemos, para nós é muito importante e é um desafio cada vez.”
 
O que é que isso vos faz de ter sucesso nos Estados Unidos?
Tom: “É um sonho que se realiza, os fãs são geniais e eu não digo isto para ferir os nossos primeiros fãs europeus. Nós pensamos sempre neles e eles contam sempre como antes. É preciso relativizar porque é sobretudo um sucesso de estima que prova o respeito que os fãs têm por nós até aqui, em Los Angeles. O que é importante para nós é ter sucesso em todo lado e não unicamente em Hollywood porque parece bem.”
 
Tu falas do sucesso de estima, faz muito tempo que não tinha ouvido tanta modéstia!
Tom: “Vejo que nós não temos necessidade de uma segurança máxima como nos outros países! (risos) Penso que se nós queremos um verdadeiro grande sucesso nos Estados Unidos, e nos impor nesse país, teremos de o fazer em inglês e com novas canções. Nós preparamos o terceiro álbum nesta óptica e temos já previsto uma saída mundial.
Bill: “Nós estamos super felizes do que se passa hoje para nós nos USA. Nunca teríamos pensado que fosse possível ainda há alguns meses. Não queremos subestimar o trabalho que vamos ter para conquistar este novo país.”
 
Também tocaram em Nova Iorque…
Bill: “Foi genial de fazer um concerto no Times Square em plena rua. A avenida estava fechada de propósito para nós, foi altamente. Penso que é um dos acontecimentos que jamais esquecerei, como ter cantado sob a Torre Eiffel em Paris.”
 
Voltaste a ter a tua voz, faz-te prazer?
Bill: “A quem o dizes! (risos) Eu estava verdadeiramente feliz de poder de novo cantar e actuar ao pé dos fãs. Não quereria os decepcionar. Nunca vou esquecer esta má experiência e espero que não terei de novo este género de problemas no futuro. Foi muito stressante, chorei muito estas últimas semanas.”
 
Por ter de viajar pelo mundo inteiro, não têm medo de perder os vossos primeiros fãs?
Bill: “Não temos medo, porque fazemos tudo para ir a todos os países onde estão os nossos fãs e fazer concertos, entrevistas, dar autógrafos. Há um fenómeno curioso desde que nós passamos muito tempo no estrangeiro é que há fãs que nos seguem em todos os países onde nós vamos. É de doidos de reencontrar em Nova Iorque ou Lisboa caras familiares que nós conhecemos na Alemanha ou na França.”
Tom: “É de querer que os quilómetros não fazem medo aos fãs.”
Bill: “Para nós também é duro, nós não vamos a casa durante seis meses.”
 

 

Tradução por: ichliebeTH


Publicado por TrueFasTH às 21:09
Link | Comentar | Favoritos
|

Ŧ Fãs Online:

online

ŦFãChat


ŦMenu

ŦArquivos

Ŧ Agosto 2008

Ŧ Julho 2008

Ŧ Junho 2008

Ŧ Maio 2008

Ŧ Abril 2008

Ŧ Março 2008

ŦUltimas

Ŧ COMUNICADO

Ŧ TRL (7.8.2008) -> Downloa...

Ŧ TRL - Fotos (c/ maior qua...

Ŧ Festival des Mongolfières...

Ŧ 09/08/2008 - Festival des...

Ŧ TRL 07.08.08 Parte 1 - an...

Ŧ TRL 07.08.08 parte 2 - an...

Ŧ Super nº224 Julh/08 FR

Ŧ Concurso do DVD - Para o ...

Ŧ Entrevista da Kim Stolz a...

ŦPesquisa no blog