Quarta-feira, 23 de Julho de 2008

TH " adoramos que as pessoas gritem por nós" (Argentina)

 

De mãos dadas com o Sim! Os gémeos Kaulitz  revelam segredos capilares, a sua curta história e do seu gosto pela histeria.
 
 
Apesar de ser uma mega rockeira, as luzes do Club Avalon, em Hollywood, estão acendidas e os assistentes bebem água. Não há pulseiras que libertem o acesso ao bar, porque a público está composto por menores de 21 anos, a idade legal para beber álcool nos EUA. Só um dos membros da banda que está no cenário tem essa licença: Georg, o baixista. E só por pouco.
 
Na sala a sua maioria são raparigas e não podem (nem querem) deixar de gritar durante todo o concerto do quarteto alemão Tokio Hotel. " Os nossos fãs estão um bocado loucos, mas para nós nenhuma loucura é suficiente. Gostamos das pessoas que gritam", diz o cantor Bill Kaulitz (18) na intimidade do seu hotel. Como sempre, os 4 vêem à entrevista, apesar do Bill e o seu irmão Tom (18), captarem toda a atenção. São gémeos. "Almas gémeas", diz Georg Listing (21), fã dos Oasis e dono de um olhar potente e um cabelo liso sobre os olhos que parece enlouquecer às fãs.
 
São tão idênticos que durante a escola primária, eram obrigados a pôr os nomes nas suas t-shirts. Mas os seus looks não podem ser mais diferentes. "Até os 6 anos vestíamo-nos igualmente, logo desenvolveu-se o amor pela música e cada um foi adoptando o look de acordo com os seus gostos musicais. Eu gosto de Placebo e Coldplay; ele gosta de Hip Hop", diz Bill. Tarda uma hora diária e um frasco de spray semanal para manter esse espectacular penteado gótico.

Tom, ao contrário, usa umas rastas meio despenteadas, o seu infálhavel chapeu de baseboll (em LA escolheu a dos "Dodgers"), 2 t-shirts que lhe ficam 3 medidas acima e as calças baggy pelas cadeiras. "Gosto muito do hip hop alemão, que é como o inglês mas cantado em alemão", diz o guitarrista. O baterista, Gustav Schäfer (19), com uma cava branca durante o concerto, só abre a boca para dizer que gosta dos Metallica e que sabe que o futebol da Argentina "é muito bom". Temos um familiar lá, uma senhora muito velhinha que vive numa quinta ou algo assim e que tem cavalos selvagens", dizem os irmãos Kaulitz ao mesmo tempo.
 
Acham que em breve irão poder viajar para Sul América. Basta que a sua base de fãs cresça o suficiente, como está crescendo em todo o mundo: Levam vendidos mais de 3 milhões de discos e são o maior fenómeno de exportação alemão dos últimos 20 anos. "Não sei se somos heróis na Alemanha, mas temos muito êxito por lá. Claro que há 3 anos ninguém nos conhecia, cantávamos com sorte para 50 pessoas", reconhecem. A Banda, formada em 2001, editou 2 discos na Alemanha e logo os compilaram em Scream (2007), o seu primeiro álbum em inglês. O público do Avalon cantou, Monsoon, Scream, Ready Set Go e Rescue me e isso é algo que já não os deixa surpreendidos. O inglês do Bill é o "pior" de todos os 4 mas isso não o impede de ser a voz do grupo. "Comecei a escrever músicas aos 7 anos, ajudado com um teclado daqueles que apertas um botão e sai o som do baixo e bateria. A verdade é que sempre fui muito preguiçoso para aprender a tocar um instrumento. Mas mostrava os temas ao Tom e ele compunha a música na sua guitarra". "Começamos a tocar em público desde muito pequenos e quando tínhamos 10 anos vieram ver-nos o Georg e o Gustav e aí formamos a banda", diz o Tom. "É que vocês soavam incríveis", ironiza o Georg.
 
Há um vídeo a correr pela Web que se chama as 9 regras para entrevistar Tokio Hotel. Eles dizem não o ter visto. Repete-se muito uma regra: Bill é o chefe. “Ah, sim, isso é verdade” confirmou o cantor par a o riso do resto. Em Abril tiveram de extirar um nódulo na garganta e que o deixou sem voz por 10 dias. "Foi muito fixe porque eu escrevi tudo num bloco de notas e o Tom teve que vir a comigo a todo o lado e fazer de intérprete. Então eu fiz 6 semanas de reabilitação. Eu estou muito bem, mas os 26 concertos desta tour, só pudemos fazer 10". Há alguns anos que têm apenas duas semanas de férias anuais entre tours que se chamam 1000 oceans ou 1000 hotels, sugerindo que eles estão sempre em movimento. Embora ainda não tenham dado o prazer a eles próprios de tocar em Tóquio, como sonham. Ou com os Rolling Stones. "Alguns fãs seguem-nos de cidade em cidade, é fantástico". Diz Bil. As meninas de Avalon não podem ser, porque os pais delas esperam-nas na saída. Elas deixam-se ainda mais enamoradas. No palco, Tokio Hotel comporta-se  como uma banda de rock. Lindos, enérgico, Bill, em especial, tem um carisma incrível para acompanhar o olhar e sabe falar para uma câmara: Cris Morena se babava-se por eles. Disney é rock? "Bem, Georg parece-se com o pateta, mas isso não nos torna Disney Rock. É a verdade?".


 
 
Fonte
Tradução por: TH Zone

 


Publicado por TrueFasTH às 21:06
Link | Comentar | Favoritos
|

Ŧ Fãs Online:

online

ŦFãChat


ŦMenu

ŦArquivos

Ŧ Agosto 2008

Ŧ Julho 2008

Ŧ Junho 2008

Ŧ Maio 2008

Ŧ Abril 2008

Ŧ Março 2008

ŦUltimas

Ŧ COMUNICADO

Ŧ TRL (7.8.2008) -> Downloa...

Ŧ TRL - Fotos (c/ maior qua...

Ŧ Festival des Mongolfières...

Ŧ 09/08/2008 - Festival des...

Ŧ TRL 07.08.08 Parte 1 - an...

Ŧ TRL 07.08.08 parte 2 - an...

Ŧ Super nº224 Julh/08 FR

Ŧ Concurso do DVD - Para o ...

Ŧ Entrevista da Kim Stolz a...

ŦPesquisa no blog